domingo, 22 de fevereiro de 2009

Tuna Lusa Brasileira


Em pé: Mário Ney, Sarará, Nonato, Maneca, Satiro e Muniz
Agachados: Juvenil, Teixeirinha, Estanislau, China e Acapú.
Crédito: http://blog.soccerlogos.com.br/

1955 - Terceiro campeonato invícto

Contando com um poderoso esquadrão, a Tuna Luso ganhou de maneira invicta o campeonato paraense. Foram 16 jogos, com 13 vitórias e 03 empates. Marcou 55 golos e sofreu somente 15. Os destaques foram o atacante Estanislau, com 22 golos e o goleiro Sarará. O primeiro clássico foi contra o Clube do Remo, que perdeu sob o placar de 2x1, mesmo placar sofrido pelo Paysandu. O Combatentes levou uma goleada, 7x1. No segundo turno, o Clube do Remo foi humilhado, pelo placar de 5x0 e o Paysandu perdeu somente de 1x0. No terceiro turno, com apenas 04 equipes( Tuna, Remo, Paysandu e Pinherense), a Tuna Luso estreou com empate de 1x1 com o Paysandu, ganhou do Pinheirense por 4x1 e do Cube do Remo por 3x1. Numa “melhor de três” com o Paysandu, a Tuna empata as duas primeiras partida (3x3 e 0x0) e na final goleia por 4x0.

A Tuna Luso foi campeã com Sarará, Mário Ney, Nonato, Maneco, Satiro, Muniz, Acapu, China, Estanislau, Teixeirinha e Juvenil. Novamente a Tuna Luso era campeão Terra e Mar.
1958 - Um título difícil

2 comentários:

  1. Grande Tuna, Quem te viu e quem te vê

    ResponderExcluir
  2. Uma grandiosa homenagem ao meu amigo Acapú,grande ídulo dessa tradicional,gloriosa e centenária agremiação praense,com quem tenho o prazer de conviver até hoje.Parabens a ambos.

    ResponderExcluir