domingo, 28 de dezembro de 2008

A.A. Internacional de Limeira


Em pé: Silas, Pecos, Juarez, João Luiz, Manguinha, Boliívar e o técnico Pepe
Agachados: Tato, Kita, Gilberto Costa, João Batista e Gilson Gênio.

Crédito: http://www.miltonneves.com.br/

No dia 3 de Setembro de 1986 a Associação Atlética Internacional, mais conhecida por «Inter de Limeira», chocou tudo e todos. Em pleno Morumbi, a A.A. Inter de Limeira despachou o Verdão e tornou-se a primeira equipa do interior a vencer um Paulistão.
Esta final foi disputada em duas mãos, ambas no Morumbi – porque o recinto da Inter foi dado como não suficiente para receber uma final desta grandeza. No primeiro jogo as equipas não foram além do empate, e os ataques saíram em branco.
Contudo, no segundo encontro, ambas as equipas marcaram, mas as coisas não correram bem para o Palmeiras. Foi o elenco leonino, como também é conhecida a equipa da Inter, quem terminou em vantagem, arrebatando o troféu e impedindo o Palmeiras de encerrar o jejum de 10 anos sem títulos. Ao título de Campeão Paulista, a Inter juntou o título de artilheiro do torneio, que foi ganho por Kita, com 24 golos em 39 jogos.
Foi a época mais sensacional da história da A.A. Internacional. Esse Campeonato Paulista jamais será esquecido pelos jogadores da Inter que nele participaram ou pelas gentes dessa terra do interior do estado de São Paulo chamada «Limeira». Aproveitamento: 42 jogos, 21-14-7, 59-33 em golos, 56 pontos, incluindo a meia-final (2-0 e 2-1, contra o Santos FC) e a final (0-0 e 2-1, contra o Palmeiras).

Súmula da 2.ª Mão da Final:

Palmeiras – Internacional de Limeira, 1-2
Golos: Kita (50m), e Tato (54m), para a Inter; Amarildo (74m, g.p.), para o Palmeiras.
Local: Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi).
Data: 03-Set-1986.
Árbitro: Dulcídio Vanderley Boschilla.
Assistência: 68.564.
Receita (renda): Cz$ 2.443.610,00.
Palmeiras: Martorelli, Diogo (Ditinho), Márcio, Amarildo, e Denis, Lino (Jorge Mendonça), Gerson, e Jorginho, Mirandinha, Edmar, e Éder / Treinador: Carbone.
Internacional de Limeira: Silas, João Luís, Juarez, Bolívar, e Pecos, Manguinha, Gilberto Costa, e João Batista (Alves), Tato, Kita, e Lê (Carlos Silva) / Treinador: Pepe.

Fonte: http://equipas-do-passado-1850.blogspot.com/

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir